Design: difícil de escrever mas bem fácil de entender.

Trabalhando com design já há algum tempo, mais e mais eu gosto. O design funcional que inova e muda a nossa vida, o design thinking das estratégias, o sound design, body design e por ai vai. Está, entre uma das definições da função do “design” a de AGREGAR VALOR. E isso acontece sempre. Pode serContinuar lendo “Design: difícil de escrever mas bem fácil de entender.”

Tokio!

Michel Gondry (Interior Design), Leos Carax (Merde) e Joon Ho Bong (Shaking Tokyo) apresentam neste longa (que na verdade é a soma de 3 curtas,) narrativas e experimentações cinematográficas que tem como pano de fundo a cidade de Tokyo. Um bom filme para apreciar visões surrealistas de distintos diretores, explorando um único tema com ritmos eContinuar lendo “Tokio!”

Arte vinda do lixo.

    Pra lá de consagrado e conhecido, mas sempre legal de ser revisto. A perspectiva de Vik Muniz em suas obras de escala maior – numa época sem drones! Transformação de lixo em arte – que o fez estudar durante 2 anos no maior lixo do mundo, trabalhando com catadores na transformando seus retratosContinuar lendo “Arte vinda do lixo.”

Rendez-vous

Uma música eletrônica, que eletrizava. Um sintetizador que acendia conforme pressionado. Harpa a laser. Imagens geométricas reproduzidas no ‘sofisticado’ movimento repetitivo de um gif, enquanto… fogos de artifícios estouravam entre prédios espelhados que, com o reflexo, era o mapping dos anos 80.  \o/ O encontro com Jean Michel Jarre foi marcante na época. Quem viu,Continuar lendo “Rendez-vous”

Projeção de Sonho

Tire 7 minutos do seu dia para assistir a essa apresentacão do BMW Série 7 feita em Moscou. A agência rensponsável pela obra chama-se Sila Sveta. Vale conhecer o site deles também. A grande sacada que eles tiveram foi combinar uma projeção de mapping com performance ao vivo criando assim um efeito holográfico espetacular. AsContinuar lendo “Projeção de Sonho”