Em destaque

INSTITUCIONAL NO IPO

Participar de uma história de sucesso é sempre recompensador e motivante. Foi exatamente assim que nos sentimos após o vibrante resultado do IPO da Boa Vista Serviços, realizado ontem na B3. Com valorização de 15% das ações na estréia, a Boa Vista amplia os horizontes refaz o rumo dos negócios .

A história da Radio Design e Boa Vista, iniciou-se em 2017, com umas demanda pontual para a produção de um filme comercial para o serviço de Gerenciamento de Carteira. Com o resultado obtido nesse primeiro projeto, já são 3 anos de parceria produzindo filmes.

Dessa vez o desafio foi produzir o filme institucional em tempo recorde, para aproveitar a janela de oportunidade do IPO.

Estréia da Boa Vista na B3: filme institucional da Boa Vista – a partir do minuto 4:40.

Como a parceria tem alguns anos, a solução já tinha um encaminhamento bem claro. O entrosamento de equipes de marketing do cliente e da Radio Design já estava formato.

Planejamento, pesquisa de imagens, footages, trilha, edição, lettering, motion graphics, locução, mixagem, tudo! Um projeto que tinha não só a premissa da qualidade, mas também a do tempo. O trabalho não teria sido entregue se não fosse a dedicação das equipes, mas também de uma boa ferramenta de gestão. Nesse caso, ter uma plataforma que conecta o cliente e a agência – tanto pela web como pelo smartphone – foi fundamental para garantir a velocidade em todas as etapas de sub-aprovações com o marketing do cliente.

O resultado pode se conferir no canal #IPOnaB3 no link da imagem acima, a partir do minuto 4:40.

Boa Vista com novos horizontes!

UM MINUTINHO, POR FAVOR!

Você sabia que com o app do House Smart Agency que a Radio Design utiliza, você consegue fazer estimativas de trabalhos em 1 minuto?

Pensa o seguinte:

Reunião no Zoom, alguém fala: “Putz, mas para isso a gente precisaria de um filme lindo!” O que você faz? Imediatamente você fala: “Um minutinho!” Ai, você pega o seu smartphone, abre o app do House que a Radio usa, faz sua estimativa rapidão, já manda o valor na reunião e fica bonito na foto. Veja a DEMO abaixo:

Valores simulados para a demonstração da ferramenta.

Ou então, a agência está apresentando a campanha para o seu board via Teams. O Presidente fala: “A campanha está aprovada, parabéns a todo pessoal da agência!” Ai ele vira-se para você e diz: “Vamos precisar montar uma apresentação incrível para mandar para a matriz em Sidney.” O que você faz? Imediatamente você fala. “Só um, minutinho”. Ai, você pega o seu smartphone, abre o app do House que a Radio usa, faz sua estimativa rapidão e já envia para a Radio entrar em contato! Veja a DEMO abaixo.

Valores simulados para a demonstração da ferramenta.

Não marque bobeira! Entre na loja e baixe grátis já!

Se você ainda não é cliente da Radio, entre em contato e peça o seu cadastro.

Importante: os valores mostrados nas duas demos tem como base premissas básicas de produção. Cada cliente tem demanda própria e especificidades que precisarão ser confirmadas após o envio das estimativas.

QUAL FOI A ÚLTIMA VEZ QUE VOCÊ SE INSPIROU?

RADIO DESIGN & STAR PALESTRAS E EVENTOS REALIZAM A 1ª EDIÇÃO DO RECONECTA

Tudo nasceu durante uma reunião cotidiana de trabalho. Os times de Radio e Star conversavam sobre o dia-dia intenso que vivem e veem nas empresas. “Eu costumo dizer que tudo o que combinamos as 9 da manhã na reunião, às 11 já não vale mais. Nesse meio tempo, chega um mail pedindo um negócio, toca o telefone pedindo outro, o grupo do whatsapp já tem 100 mensagens e por ai vai” – comenta Marcos da Radio Design.

Foi com base nesse cenário que Radio e Star resolveram por de pé a iniciativa, assim surgiu o Reconecta.

O Reconecta é um evento in company de 2hs de duração, onde 5 palestrantes expõe seus conteúdos ao longo de 15 minutos buscando motivar os colaboradores com a suas próprias experiências. “O que a gente percebe é que as pessoas estão fazendo muito, mas se inspirando pouco. O problema é que uma coisa influi na outra. Então, resolvermos oferecer inspiração” – brinca Fernanda da Star Palestras e Eventos.

O projeto não podia ter um começo melhor. A 1ª Edição ocorreu em dezembro no escritório da LATAM em São Paulo.

 

Latamreconecta_blog

 

Nessa edição se apresentaram em ordem (1) Roberto Kanter, com o tema psicologia de vendas; (2) Laíze Damasceno, que falou sobre seu livro Marketing de Gentileza; em seguida, (3) Guido Padovano, falou sobre como trabalhar as suas emoções a seu próprio favor; (4) Paulo Silvestre, Top Voice do Linked in, explicou com formar a sua reputação digital; (5) Rubens Marchione, desmistificou o processo criativo; (6) audítorio cheio ao longo de 2 horas; (7) sinopse dos palestrantes.

b269d8b6-fade-4e04-a233-0cd1dfa2f3642896a49f-5be0-48e6-ba4f-94dd57e194d28f9ee288-25ee-460a-a668-070c1c05870795e321e2-2840-4cb9-97c8-5967c543f3a785111255-f32e-45ae-99bd-3f9ff9ef81647781a1aa-ba73-4c6d-b7e9-705342139f6f-1

Sinopse Palestrantes

Café & Caneta #3 | Noites

Uma mistura de funk, R&B, blues antigos com várias outras novidades.

Vale o destaque da New World Order do mestre Curtis Mayfield. À época da gravação do álbum, Curtis tinha 56 anos e estava paralizado em uma cama, com dificuldades para respirar. Gravou o álbum inteiro, vagarosamente, cantando verso por verso.

Outro destaque vai para o Aquafuge, a versão Aqualung acompanhada por um quarteto de cordas do novo disco do Jethro Tull de 2017. Uma música que merece ser enquadrada na mesma moldura que as melhores obras de arte.

Para não ser injusto, o último porém não menos importante, grande mestre presente na coletânea, é o Robert Plant, ex-Led Zeppelin e seu novo single Bones of Saints.

Espero gostem de algo!

Abs.

https://open.spotify.com/user/radiodesign/playlist/5Cg2MVF0cnbl8xZKpEWljQ

 

Estúdio Móvel

Você tira a sua foto, mas não fica satisfeito com o resultado. Simplesmente aplicar filtros não basta, você quer editar a luz, o contraste ou até criar coisas novas. Uma verdadeira pós-produção na palma da mão.

Com esses aplicativos você pode transformar o seu smartphone em um estúdio de fotografia móvel. Equilibrar a luz, recortar o fundo, alterar o foco, corrigir imperfeições e muitos outros recursos unidos a mobilidade do smartphone e a praticidade de compartilhar em um toque.

Adobe Lightroom CC

O Lightroom foi criado para editar e organizar suas fotos com facilidade, e com o aplicativo, seus recursos foram transportados para o smartphone. Com ele você pode fazer desde simples predefinições até correções mais avançadas como alterar a exposição, curva de tons, ajustes seletivos, entre outros. Isso junto a predefinições do Photoshop, ferramentas de organização, e armazenamento no Adobe Creative Cloud.

Pixlr

Pixlr é um aplicativo feito tanto para quem nunca editou fotos quanto para que já conhece bem como manipular uma. O aplicativo possui todos os recursos para uma boa edição das suas fotos, como brilho, contraste, desfoque e outros, além de mascaras, sobreposições, dupla exposição e pinceis de retoque. E se você gosta de intervenções ainda pode desenhar sobre as fotos, escolher molduras, mosaico e o que mais vier a sua cabeça.

 

PicsArt

O PicsArt é um aplicativo de edição de foto, desenho e colagem, tudo em um só. Possui todos os recursos de ajuste de cor, bem como recortes, curvas de tons, perspectiva, seleção entre outros. Além dos recursos mais tradicionais de fotos, o PicsArt também traz uma galeria extensa de efeitos e filtros, adesivos, pinceis para desenhos e muitos outros recursos para transformar as suas fotos em outros tipos de arte.

 

Bônus – Glitch!

Como um extra para quem quer usar suas fotos como arte digital, vou recomendar o Glitch!, um aplicativo feito para quem quer criar glitch art. De maneira simples você pode pixelar, acrescentar chiado, filtro VHS e outros recursos para alterar suas fotos, gifs e vídeos. Confira um pouco do que pode ser feito com o aplicativo aqui.

 

Só com essas opções já se pode fazer muito com as fotos, mas caso ainda queira algo a mais, pode procurar alguma lente externa de smartphone para melhorar a captura das suas imagens. Deixo aqui uma lista da Digital Trends, para iPhones, e uma da Android Central.

Aplicativos para editar suas fotos é o que não falta, apenas selecionei aqui alguns que  conheço. E que a falta de uma câmera ou software profissional não impeça você de tirar suas fotos e exercitar sua criatividade. Sem mais desculpas, agora é baixar os aplicativos e começar.


Gostou desse post? Conheça mais sobre A Arte de Fazer Arte.

U2 #semfiltro.

U2 passando por aqui, não tinha como ficar calada. Alguns amigos meus fizeram a cara de espanto: “Você não foi ao show???… Mas é Joshua Tree!! Mas é o Bono!! Mas mas mas…

Não fui. Seria o meu 6o show do U2 na  vida. Me considero já com milhagem suficiente – adquirida com eles.

Foi sim o grupo que mais gostei na vida.

Shows espetaculares, músicas que me levantaram quando eu precisava, seja pela letra ou meu astral da batida.

Independentemente do que se acha do Bono, se ele é over ou não. Os shows são bárbaros e várias músicas também.

Separei aqui nesse mini-video os logos dos shows que fui – PopMart, Elevation, 2x no Vertigo e no 360graus –  com as músicas que mais gosto – Where the Street Have No Name, In God’s Country, City of Blinding Lights e Bad.

Músicas e logos não estão 100% correlacionados na real, mas sim na minha memória.

Curti todos como nunca tivesse visto algum.

Talvez minha próxima e última parada seja em Dublin no Natal – quando eles descem para ruas no 24 de dezembro para um calorosa presença junto ao público – na noite gelada da estação. Veja aqui: https://www.youtube.com/watch?v=OiNF1brjJsE

ALPHAGO

O alphago é um software de inteligência artificial criado pelo Google. Baseando-se em movimentos bem sucedidos dos jogadores de GO ele estabelece parâmetros para que os computadores não necessitem analisar todas as possíveis variáveis a cada nova rodada do jogo.

Vale lembrar que a mais de 20 anos, a vitória do supercomputador da IBM deepblue sobre o jogador de xadrez Gary Kasparov já evidenciava esta complexa forma de aprendizado neural (machine learning), na qual computadores estavam aptos a interpretar e reinterpretar de maneira bruta quantidades enormes de cálculos que possibilitavam descartar, simular e mixar informações que lhe conferiam maior êxito e eficiência na escolha de suas jogadas.

file-20170526-6389-vsv5me

Agora mais uma vez uma máquina vence o melhor jogador do mundo em um jogo muito mais complexo que o xadrez. O Go é um jogo de tabuleiro japonês que possui uma grade de 19×19 e um número limitado de peças fazendo com que o jogador necessite utilizar sua “criatividade” para gerar melhores estratégias.

O alphago se saiu muito bem, um dos resultados que pode ser obeservado é o de que muitos dos jogadores humanos estavam aprendendendo novas estratégias baseando-se nos movimentos e estratégias do computador. Para ver mais sobre este projeto acesse o blog dos desenvolvedores em: https://deepmind.com/blog/

Design: difícil de escrever mas bem fácil de entender.

Trabalhando com design já há algum tempo, mais e mais eu gosto.

O design funcional que inova e muda a nossa vida, o design thinking das estratégias, o sound design, body design e por ai vai.

Está, entre uma das definições da função do “design” a de AGREGAR VALOR.

E isso acontece sempre.

Pode ser a mais simples das embalagens, o móvel de material reciclado, o imã da geladeira, o portal papel higiênico. Quaisquer umas dessas peças que tenham “design”, nos tocam de alguma forma.

Ana Strumpf faz isso de uma forma que parece muito simples, mas vai você tentar.

Fora ela ser designer de interiores, de produto, diretora e consultora criativa – ela é ilustradora.

Ficou também famosa por agregar um valor, valorosíssimo com suas intervenções ilustrativas sobre capas de revistas.

O projeto Re.Cover ganhou o mundo. Como ela mesmo diz, ela “re.cria desejo”.

É tão bacana a ponto de que é possível adquirir packs de suas capas de revistas originais, pintadas –  para serem enquadradas como objetos de decoração.

Pensa bem: capa de revista antiga, pintada, vira um quadro desejado.

Essa sabe sim o que é agregar valor!

Eu valorizo!

Chequem aqui e encantem-se.

www.instagram.com/anastrumpf

http://www.anastrumpf.com.br/recover

Rimas, Pianos e Beats

Através de um anime de samurais descobri a mistura de rimas de rap, melodias de jazz e drum beats, o Jazz Rap.

Há alguns anos atrás eu conheci Samurai Champloo, um anime de excelente qualidade dirigido por Shinichiro Watanabe, também diretor do Cowboy Bebop. Samurai Champloo mistura o Japão medieval com elementos do hip hop e foi logo na abertura do anime que eu conheci Nujabes, com a Battle Cry, que era compositor, produtor e DJ conhecido por suas composições de Jazz Rap.

Pesquisando mais sobre Nujabes que conheci um pouco mais do gênero, já havia escutado rap com samples de pianos e saxes, mas não conhecida sobre o universo do estilo. Mesmo criado no final da década de 80, começo de 90, foi mais recentemente, através de streamings de áudio, que tive contato com outros artistas e pude expandir meu repertório.

Hoje já faz parte da trilha sonora do trabalho, do metrô, da caminhada, do dia-a-dia. Sempre dá para descobrir algo novo para incluir na playlist. É interessante ver riffs do jazz em novos contextos e as músicas sendo sampleadas, remixadas e recriadas.

Nessa playlist fiz uma pequena seleção do que escuto até agora e, além de Nujabes, tem Funky DL, Substancial e Marcus D com o Bop Alloy, Blu & Exile, Guru com Jazzmatazz, Tássia Reis e até Miles Davis, com um pouco do seu álbum composto com essa mistura, o Doo-Bop, entre outros.

 

Para quem quiser conhecer mais músicas do gênero, além do que o Spotify tem para oferecer, pode pesquisar no Souncloud e no Bandcamp onde muitos artistas disponibilizam suas obras. Eu vou recomendar o Jazz Hop Café, uma estação de rádio com muita música boa e também o projeto Mental Abstrato, ambos no Soundcloud.

O Jazz Rap acrescentou muito para minha percepção sobre samples e fusões de estilos musicais. Espero que essa playlist possa acompanhar você no dia-a-dia tanto quanto acompanha o meu.


Aproveite também e conheça mais sobre as outras playlists da Frequência Radio e siga-nos no Spotify

LOVING VINCET

Lançado como um projeto de financiamento coletivo pelo site Kickstarter, o longa metragem é baseado na conturbada vida do  pintor holandês Vincent Van Gogh.

Loving-Vincent-Film

Após ter sua a meta financeira alcançada para o projeto a diretora Dorota Kobiela parte para sua produção. Saindo fora da curva das tradicionais e milionárias produções hollywoodianas, o filme encanta pela peculiar  e complexa técnica empregada em sua produção.

Loving-Vincent-03-web

São mais de 60.000 telas pintadas a óleo por um time de 150 pintores, que tentaram captar a essência e a luminosidade das pinturas originais de Van Gogh, além de  um vasto time de animadores.

O longa parece fazer jus ao  personagem central de sua trama e  é um forte candidato ao Oscar.

 

Acessando o site oficial você pode adquirir algumas das telas que foram utilizadas para criar o filme.