Quem escolhe o final?

Havaianas permite a customização do seu par de chinelos – um pé de cada cor, com strass, sem strass, com tiras diferentes, a sola pra cima…o que preferir.

Assim como durante um período, a AllStar e a Nike também permitiram pés diferentes com cores absolutamente antagônicas.

Há algum tempo já, os camarotes da Brahma no carnaval tem sempre costureiras à sua espera para a customização de suas camisetas-abadás – com ou sem manga, mini-blusa, modelo marinheiro, macho-man, tarzan, pedrita ou o herói que desejar.

Não esquecendo do fato de que alguns carros, a customização dos opcionais acolhe ao dono de acordo com o conforto almejado e bem-pago. E assim vai.

Pois bem, o mercado tanto fez –  que se adaptou para atender tão bem ao consumidor permitindo-o que tenha o poder da escolha – afinal, escolher é um poder.

O que fazer agora com essa inteligência artificial –  que SEM a nossa escolha, anda escolhendo por nós?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: